Chega de Desculpas! As 18 Desculpas Mais Comuns

Chega de Desculpas! Acabe Com as 18 Desculpas Mais Comuns 

O Livro Chega de Desculpas! Devia de ser obrigatório nas escolas.

Porquê?

Para não termos de ouvir tanta desculpa esfarrapada, nem nós próprios inventarmos desculpas para aquilo que não queremos, que na esmagadora maioria das vezes, não queremos por preguiça, por estarmos demasiado agarrados a nossa zona de conforto.

Este tipo de mentalidade e de comportamento estragamos a vida de uma forma, que nem imagina.

Posso dizer que falo por experiência, pois eu era a rainha das desculpas.

Por isso, sei, quando alguém, se vira para mim, a inventar desculpas, (ahahhahahahaah) já as conheço quase todas.

Quando me falaram deste livro Chega de Desculpas! Corri tudo à procura dele assim que pude. Tive de o encomendar!

Li e adorei! Recomendo a todas a pessoas, com todas as idades. Porque acredito que é uma leitura fundamental e o seu estudo extremamente importante para o crescimento e desenvolvimento de todos.

A única forma de mudarmos de vida e de mudarmos o mundo, é mudar a nossa forma de pensar e de agir, para com os outros, para com os animais e para com o planeta.

No decorrer da leitura deste livro, o autor fala de uma forma muito clara e por isso é fácil perceber.

No livro o autor coloca uma lista com as 18 desculpas muito comuns, mas, para muitos pessoas, não são desculpas, são realidades.

Mas infelizmente são desculpas sim, desculpas essas que podem e devem ser ultrapassadas.

Vou lhe deixar aqui as 18 desculpas mais comuns e como ultrapassa-las.

Acabe Com as 18 Desculpas Mais Comuns 

Veja como: (retirado do livro)

1. Vai ser difícil: Sou capaz de realizar com facilidade e desembaraço tarefa que me proponha.

2. Vai ser arriscado:  Não existe nenhum risco em ser eu próprio. É a minha verdade última e vivo-a sem receios.

3. Vai demorar muito tempo: Quando se trata de cumprir o meu destino, a minha paciência é infinita.

4. Vai dar origem a problemas familiares: Prefiro ser detestado pelo que sou do que amado pelo o que não sou.

5. Eu não mereço:  Sou uma criação divina, um fragmento de Deus. Por conseguinte, não posso ser indigno.

6 . Não faz parte da minha natureza: A minha natureza essência é perfeita e irrepreensível. É para essa natureza que volto.

7.  Não me posso permitir tal coisa: Estou ligado a uma fonte de abundância ilimitada.

8.  Ninguém me vai ajudar: As circunstâncias adequadas e as pessoas certas já estão aqui e revelar-se-ão, no devido momento

9.  Nunca tive essa oportunidade: Estou disposto a atrair tudo aquilo que desejo, começando neste instante.

10.  Não sou suficiente forte: Tenho acesso a uma ajuda ilimitada. A minha força provem da minha ligação à Fonte do ser.

11.  Não sou suficiente inteligente: Sou uma criação do Espírito divino: tudo é perfeito e sou um génio de pleno direito.

12. Sou demasiado velho (ou demasiado novo): Sou um ser infinito. A idade do meu corpo não tem nenhuma incidência no que faço ou no que sou.

13. As regras não mo permitem: Vivo a minha vida em função das regras divinas.

14. É um objectivo demasiado alto: Só penso no que posso concretizar agora. E pensando em pequeno posso fazer grandes coisas.

15. Não tenho energia: Sinto-me apaixonado pela vida e esta paixão enche-me de entusiasmo e energia. 

16. É a minha herança familiar: Vivo no momento presente e estou agradecido pelas experiências que vivi na minha infância.

17. Estou demasiado ocupado: Quando mais ordeno a minha vida, mais livre fico para responder aos chamamentos da minha alma.

18. Tenho medo: Posso realizar tudo a quanto me dedicar, pois sei que nunca estou só.

Isto esta na primeira parte do livro.

Na segunda parte o autor explica Os Princípios Chave de Chega de Desculpas!

Compre o livro, leia-o e mude a sua maneira de ver o mundo que o rodeia, para com as desculpas e vá de encontro aquilo que mais deseja: Realizar os Seus Sonhos.

O Autor de Chega de Desculpas!

 

Chega de Desculpas

O autor de “Chega de Desculpas” chamava-se Dr Wayne Dyer e como vêm faleceu o ano passado, ficamos muito tristes. Perdemos alguém que muito tinha para partilhar e ensinar.

Vamos conhece-lo um pouco.

Dr Wayne Dyer, foi Psicoterapeuta, doutorado na área de educação pela Wayne State -university e foi professor na St. Jonh`s University  em Nova Iorque.

Durante o período de sua carreira de quatro décadas, ele escreveu 42 livros, dos quais 21 se tornaram best-sellers do New York Times, e este vasto público lhe rendeu o apelido carinhoso de “o pai da motivação” entre seus fãs.

Foi um guru na área das espiritualidades, reconhecido e aclamado em todo o mundo. É autor de 41 livros que já venderam milhões de exemplares e constam dos tops de vendas internacionais.

Foi um excelente conferencista e, por isso, muito requestado para entrevistas e programas de televisão e rádio.

Faleceu no dia 29 de Agosto de 2015, no Condado de Maui, Havaí, EUA. Tinha 75 anos. Sua morte foi oficialmente atribuída a insuficiência cardíaca, morreu a dormir

Muito grata por estares aqui!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.