Artigo do Meu Blog

Com os meus artigos vais aprender Marketing Digital, Marketing Pessoal, Marketing de Conteúdos, Desenvolvimento Pessoal e Espiritual. Ou seja, vais aprender tudo o que é preciso para começares a desenvolver o teu projecto e a transformares-te na tua melhor versão.

Transforma a Tua Paixão no Teu Projecto de Vida

Como Acabar Com as Desculpas e Dar a Volta Por Cima

desculpas

Não Deixes Que as Desculpas Acabem Com o Teu Sonho

Consequentemente se ainda não estás a realizar os teus sonhos é porque andas constantemente a dar desculpas a ti próprio (a) todos os dias.

Essas desculpas até podem ter o seu fundamento, porém não passam de desculpas por medo, por vergonha, por achares que és incapaz, por exemplo.

Em primeiro lugar é importante que saibas quais são os tipos de desculpas que das a ti mesmo.


Artigo Relacionado: As 18 Desculpas Mais Comuns Que Te Impendem de Ter Sucesso


Depois precisas de aceitar que as tens e compreender que estas estão a bloquear a tua vida toda.

Se está numa situação profissional que te causa infelicidade, acaba com as desculpas e começa a tomar decisões colocando um basta no assunto.

Portanto foi o que fez o meu amigo Ricardo Mordomo e hoje encontrou o seu caminho em direção ao sucesso.

Convido-te a assistires à nossa conversa onde o Ricardo partilha a sua história de superação.

Mas vou deixar aqui um pequeno resumo inicial.

Eu: – Conta-me Ricardo o que fazias antes o que estás a fazer agora e porquê.

Ricardo: – Já fiz várias coisas, estamos naquela altura em que se acaba os estudos, a licenciatura em 2010. Tirei um curso que se chama “Gestão de Comercio e Serviços”.

Ele tem esse nome, mas no fundo é muito parecido com o marketing, gestão e marketing, tinha muitas cadeiras de marketing.

Mas como todo a economia é cíclica, naquela altura havia ali aquela crise financeira e penso que de alguma forma me influenciou e não exerci nada desse curso.

Portanto ainda fiz algumas entrevistas, mas nunca deram em nada e acabei por alguma imaturidade ser mais resiliente e voltar a procurar.

Estamos quase a chegar às desculpas.

Então fui para locais como o Lidl, o supermercado Lidl em que passei lá algum tempo. Mas que nunca me senti muito bem em termos do trabalho que era.

Consequentemente era um trabalho muito de tarefas, passar só os produtos é um trabalho muito básico  para mim naquela altura.

Claro que é um serviço como todos os outros e grato a todas as pessoas que fazem esse trabalho e gostam. Mas não me identificavam com aquilo.

Porque era várias horas só a fazer esse tipo de tarefa e tal foi que desisti ao fim de alguns meses e passei para uma outra actividade, também não me identifiquei muito bem.

Mas lá está como estamos naquela altura dita de crise e porque estava numa situação de part-time decidi procurar alguma coisa em full-time.

E como um familiar tinha uma empresa de jardinagem, foi para lá que eu fui. Pensando eu que era só naquele periodo de crise e tal.

E dava me tempo para depois procurar na minha área que nunca tinha exercido, o tal curso que eu tirei e que nunca tinha exercido.

Pensei foi fazer aqui um full-time para gerar aqui algum rendimento até que eu volte novamente a procurar trabalho ou durante este periodo que estou a trabalhar, mas vou procurando.

Deves de estar a perceber que o Ricardo deixou se influenciar pela dita “crise” que não é nada mais nada menos do que uma crença que o limitou e o fez começar a trabalhar em algo que nada tinha a ver com ele.

Consequentemente não vás por esse caminho. Portugal esta em “crise” desde que nasci. Porque na realidade a “crise” só existe na mente limitada das pessoas que não compreendem as mudanças e se aproveitam deles de forma negativa.

Vamos acabar com as desculpas relacionadas com a “crise”.

Mas lá está nós somos animais de hábitos e entramos naquela rotina do trabalho, justificamos tudo e mais alguma coisa.

E aqui que começa a entrar as ditas desculpas para não sairemos da nossa zona de conforto, mesmo não gostando do que fazemos.

Ou porque é a crise, ou porque não é a melhor altura. Depois começa a aparecer a falta de confiança, porque depois começa a passar os anos e se calhar já não faz sentido ou o curso já est desatualizado.

Se calhar já ninguém me vai aceitar e em termos de trabalho, ninguém me vai dar trabalho nesta área e o que é certo é que se passaram vários anos a exercer esse cargo de jardinagem.

Mas chegou a um ponto que já não aguentava mais. Lá esta entrei não por gosto, por gostar, mas por necessidade e depois é aquele ponto em que nos deixa.

Um género de uma ratoeira em que achamos que precisamos de fazer as coisas por necessidade e depois acomodamo-nos, mas não gostamos e isso leva-nos para um lugar muito escuro.

(…) Continua a conhecer a história do Ricardo e descobre como ele conseguir dar a volta.

Como estás a ver o Ricardo estava completamente cheio de crenças que o limitaram durantes anos dando desculpas a si mesmo todos os dias.

Não permitas que também tu continues a fazer algo que não gostas só por necessidade. Isso vai acabar por te trazer doenças graves.

desculpas
No artigo de hoje sou eu a entrevistadora para conhecermos a sua história inspiradora.

Vou partilhar um bocadinho da minha história e como acabei com as desculpas.

Um dia percebi que Caldas da Rainha tinha as portas fechadas para mim expecto a fazer aqui que eu mais detestava – trabalhar a horas como doméstica.

Consequentemente um dia tomei uma decisão – vou deixar Caldas da Rainha.

Mas naquele momento não sabia o como, mas isso não foi desculpa para acabar com a minha decisão.

Porém um dia numa excursão no qual fui com os meus pais há muitos anos e em conversa com a minha mãe descobri o como.

Porém a solução só apareceu 7 anos depois. Não importa o tempo que demoras a encontrar a solução.

O que importa é que comeces a tomar decisões SEM DESCULPAS para o universo poder se mexer e te entregar a solução assim que chegar a hora.

A oportunidade chegou de um momento para o outro e naquela hora tive de decidir: ou deixo mesmo Caldas da Rainha ou invento desculpas.

Como resultado não há desculpas para colocar um fim numa decisão que foi a salvação na minha vida.

Ao assumir a responsabilidade da decisão que tinha tomado, descobri quem sou de verdade. encontrei o meu caminho original e a minha missão.

Se não começares a tomar decisões nada acontece na tua vida.

Isto faz sentido para ti? Claro que sim.

Por último vê o vídeo na integra e descobre como o Ricardo deu a volta por cima.

Subscreve a minha newsletter para receberes mais informações, artigos, convites, ofertas e muito mais.

desculpas

Quem Não Se Envolve Não Se Desenvolve!

E estamos aqui para te ajudar a realizares o sonho de teres o teu próprio negócio através das tuas competências, ou através de novas oportunidades.

Gostaste do artigo? Se sim partilha e deixa um comentário.

 

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Deixe uma resposta

Ao publicar um comentário neste site, concordas com a politica de privacidade do site acerca de como os teus dados são guardados e geridos.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.